“As pessoas estão viciadas em humor. Mais um jeito de fugir da realidade.”

Facebook, Twitter, todo momento tem alguém fazendo uma piada ou postando um meme engraçado. É normal querer ser engraçado. Todo mundo gosta de rir e de fazer rir. Com a internet fica ainda mais fácil, nem precisa pensar, é só clicar em compartilhar e pronto. Talvez essa facilidade que seja o problema. Tudo em excesso não é bom.

Existe aquele velho lema, usar o humor como defesa pessoal com o proposito de desviar de um assunto delicado. E me parece que este mal, que deveria ser apenas uma fase do amadurecimento de cada um, está tomando proporções exageradas. Adolescentes mais velhos.

Impulsionadas pelas redes sociais, uma piada tem muito mais visibilidade que assuntos mais sérios. O comprometimento de uma piada é superficial. Não estou julgando os comediantes, mas sim a capacidade de transformar assuntos mais sérios em piadas, fugindo da discussão que possibilitaria resolver ou, pelo menos, melhorar. 

Como se fosse os viciados em cerveja que precisam ficar bêbados todos os dias para esquecer os problemas da vida, em vez de encará-los. 

Rir faz bem demais. Rir demais faz mal. 


Postar um comentário