"Sinceridade verdadeira é difícil."

Não é redundância, é opinião.

Atualmente o assunto "ser verdadeiro" não está em evidência como outrora. O mundo está repensando a existência da verdade absoluta. Já é possível haver várias verdades sobre um único tema. Os cientistas, por exemplo, estão sempre transformando verdades em mentiras e vive-versa. Se não podemos confiar neles, em quem acreditar?

Aí é que está, se não se sabe o que verdade, como saber o que é mentira. As pessoas não mentem mais como antigamente pois estão perdidas nessa confusão entre o certo e o errado. Às vezes, um comentário mentiroso passa despercebido. Mas, mentiroso pra quem?

Pra si mesmo. A única saída é a do auto-conhecimento. A falta de introspecção gera uma sinceridade falsa, onde a opinião é superficial, baseada em ideais emprestados. Culminando numa dependência interminável.

A genuína sinceridade verdadeira é confirmada pela auto satisfação de acreditar em si, mesmo sendo "do contra" em alguns momentos. Deve-se ouvir a famosa consciência e quanto mais ela é utilizada, mais forte ela fica. Forte a ponto de mudar de opinião, amadurecer e conhecer novos pontos de vista que mudam as coisas mais simples.

"All you can do is stay close to what is true to you."
Hatebreed - Another Day, Another Vendetta


Esta é a verdade que eu enxergo.
Postar um comentário